complaiance.jpg

Compliance

Sua empresa tem a função de compliance incorporada? Se não, veja por que deveria e por onde começar.

Obediência estrita à CLT, adequação dos processos internos às normas técnicas recomendadas para certificação “ISO”, conformidade contábil segundo padrões internacionais, sintonia com obrigações fiscais, procedimentos em sinergia com marcos de responsabilidade ambiental.
São dezenas as imposições regulatórias com as quais o empreendedor pode se preocupar.
E basta uma pequena falha para que a empresa seja onerada com restrições legais, multas, punições judiciais, além, é claro, com a mácula em sua reputação (algo difícil de ser revertido).
Foi para equilibrar todas essas variáveis que a MIRAI Contabilidade e Assessoria Empresarial disponibiliza aos nossos clientes “COMPLIANCE”, palavrinha em inglês que você entenderá melhor nas próximas linhas:

 

O que é compliance?

Comply, em inglês, significa “agir em sintonia com as regras”, o que já explica um pouquinho do termo. Compliance, em termos didáticos, significa estar absolutamente em linha com normas, controles internos e externos, além de todas as políticas e diretrizes estabelecidas para o seu negócio. 

E a atividade de assegurar que a empresa está cumprindo à risca todas as imposições dos órgãos de regulamentação, dentro de todos os padrões exigidos de seu segmento. E isso vale para as esferas trabalhista, fiscal, contábil, financeira, ambiental, jurídica, previdenciária, ética, etc.

Uma empresa que deseja se consolidar no mercado a longo prazo, deve alinhar sua função de COMPLIANCE aos objetivos estratégicos, missão e visão da companhia.
A crescente pressão externa pela adoção de padrões éticos, que gere valor a todos os seus stakeholders (os atores envolvidos na órbita da empresa, como fornecedores, atacadistas, varejistas, funcionários, etc.) deve impulsionar as organizações para a criação de programas preventivos e de monitoramento constante.
É através das ferramentas de compliance que uma empresa pode alcançar com maior solidez seus objetivos estratégicos.

Quais são os objetivos, papéis e responsabilidades da função de compliance na organização?

  • Analisar meticulosamente os riscos operacionais;
  • Gerenciar os controles internos das normas e procedimentos, em todas as esferas da organização;
  • Desenvolver projetos de melhoria contínua e adequação às normas técnicas;
  • Analisar e prevenir de fraudes , não se trata apenas de cobranças e imposição de mudanças;
  • Monitoramento, junto aos responsáveis pela TI, no que se refere às medidas adotadas na área de segurança da informação;
  • Realização de auditorias periódicas;
  • Gerenciar e rever as políticas de gestão de pessoas, juntamente com os responsáveis pela área de Gestão de Capital Humano;
  • Trabalhar na elaboração de manuais de conduta e desenvolver planos de disseminação do compliance na cultura organizacional;
  • Fiscalização da conformidade contábil de acordo com as normas internacionais (International Financial Reporting Standards – IFRS);
  • Interpretar leis e adequá-las ao universo da empresa;

Fale Conosco

Telefone: (11) 9 6599-7665 | (11) 4326-5986 

E-mail: contato@miraicorp.com.br

End.: Alameda Madeira, 162 - Conjunto 506 - Edifício Quebec - Alphaville - SP


Siga-nos

facebook linkdin instagram twitter

MIRAICORP  2019. © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.